Governo Incentiva Empresas que Reduzem Acidentes

Muitas empresas procuram soluções para reduzir seus gastos. Alguns deles, como impostos, podem ser reduzidos através de benefícios do governo. O programa de redução do SAT, por exemplo, é uma boa alternativa para economizar e ainda contribuir para a segurança do trabalhador.

Toda grande empresa tem que pagar o SAT – Seguro de Acidente de Trabalho. Este seguro é calculado tendo como base algumas variáveis, que mudam de acordo com o risco oferecido ao funcionário e com o ramo da empresa. Pode ser de um, dois ou três por cento sobre a folha de pagamento e tem por objetivo cobrir os gastos com acidentes de trabalho que geram afastamento e que, por consequência, inflam as contas do INSS.

Com o intuito de diminuir as contas pagas pela união aos trabalhadores afastados, o governo possui um programa de redução deste imposto baseado no número de acidentes que cada empresa apresenta.

A empresa pode tomar ações internas que previnem o número de acidentes com seus funcionários. Estas ações podem ser eventos, palestras, peças de teatro ou qualquer atitude que faça com que o trabalhador esteja sempre antenado com sua segurança. Geralmente isso ocorre durante a SIPAT (Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho), mas pode acontecer durante o ano todo.

Quanto mais o empreendedor investe na segurança de seu funcionário, menores as chances de ocorrerem acidentes com seus colaboradores. Reduzindo o número de acidentes, reduz também o valor do SAT devido ao governo, pois a previdência compreende que uma empresa que tem um número pequeno de funcionários acidentados está colaborando para economizar com as contas do INSS. Em 2013, foram 900 mil empresas beneficiadas com a redução deste imposto (fonte: site da previdência social).

Reduzindo o número de acidentes de trabalho, todos ganham: ganha a empresa por melhorar sua produtividade e ter um corpo de colaboradores seguro e produtivo; ganha o funcionário, por ter a certeza de que volta para sua casa saudável; e ganha o Brasil, por ter reduzidos os gastos com o INSS.

Abaixo um vídeo do governo federal explicando sobre os acidentes de trabalho no Brasil que cita o benefício. Fique à vontade para comentar.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>